terça-feira, 30 de Novembro de 2010

Quando a saudade apertar lembra-te daquele sorriso, 
daquele olhar brilhante, 
das longas horas em que olhávamos nos olhos e não falávamos nada, 
mesmo porque um olhar diz muito por si só.
A saudade dói quando chora,
quando lembra,
quando ouve, 
quando encanta com encantos únicos.
Dói quando se ama,
quando chega e quando parte.
Nas lembranças resta aquele único fio
que segura os pensamentos de ontem que poderia ser hoje, 
amanhã e depois.
E quando a dor é incontrolável eu abraço a minha memória,
agarro-me naquele fio de lembrança,
pois mesmo que esteja a desaparecer, pelo menos resta o fio.
Na saudade busco o que resta de lembranças, 
revirando o baú da minha memoria,
lá estão todos os nosso momentos. 
Tento me desfazer das coisas que me lembram.
Porém, não são os retratos e as mensagens que um dia desapareceram,
que vão deixar que eu apague tudo de uma vez por todas.
Sentir saudade é natural.
Dói,
mas com o tempo passa a memória e esta não irá magoar tanto.

sexta-feira, 26 de Novembro de 2010

Profecia socrates by pedrobay - Reggaton

Profecia socrates by pedrobay
Abandonado, assim que eu me sinto longe de você,
Despreparado, meu coração dá pulo perto de você,
E quanto mais o tempo passa, mais aumenta essa vontade,
O que posso fazer?
Se quando beijo outra boca lembro sua voz tão rouca me pedindo para fazer
Carinho gostoso, amor venenoso

Tou preocupado, será que não consigo mais te esquecer?

Desesperado, procuro uma forma de não te querer
Mas quando a gente se encontra, o amor sempre apronta
Não consigo conter
Por mais que eu diga que não quero
Toda noite te espero com vontade de fazer
Carinho gostoso, amor venenoso

Faz amor comigo, sem ter hora acabar

Mesmo que for só por essa noite
Eu não quero nem saber, quero amar você
Faz amor comigo até o dia clarear
Tou ligado, sei que vou sofrer
Mas eu não quero nem saber, quero amar você

Abandonado, assim que eu me sinto longe de você
Não quero nem saber..

Bring Me to Life by Evanescence (lyrics)

Traga-me Para a Vida

Como você pode ver dentro dos meus olhos como portas abertas
Direccionando você até meu interior
Onde me tornei tão entorpecida sem uma alma
Meu espírito dorme em algum lugar frio
Até que você o encontre e o leve de volta pra casa

(Acorde-me) Acorde-me por dentro
(Eu não consigo acordar) Acorde-me por dentro
(Salve-me) Chame meu nome e salve-me da escuridão
(Acorde-me) Faça meu sangue correr
(Eu não consigo acordar) Antes que eu me desfaça
(Salve-me) Salve-me do nada que eu me tornei

Agora que eu sei o que me falta
Você não pode simplesmente me deixar
Dê-me fôlego e me faça real
Traga-me para vida

(Acorde-me) Acorde-me por dentro
(Eu não consigo acordar) Acorde-me por dentro
(Salve-me) Chame meu nome e salve-me da escuridão
(Acorde-me) Faça meu sangue correr
(Eu não consigo acordar) Antes que eu me desfaça
(Salve-me) Salve-me do nada que eu me tornei

Traga-me para a vida
Eu tenho vivido uma mentira. Não há nada por dentro
Traga-me para a vida

Congelada por dentro, sem seu toque, sem seu amor
Querido, somente você é a vida entre os mortos

Todo esse tempo, não posso acreditar que não pude ver
Mantido na escuridão, mas você estava lá na minha frente
Eu estive dormindo há mil anos
Tenho que abrir meus olhos para tudo
Sem um pensamento, sem uma voz, sem uma alma
Não me deixe morrer aqui, deve haver algo mais
Traga-me para vida

(Acorde-me) Acorde-me por dentro
(Eu não consigo acordar) Acorde-me por dentro
(Salve-me) Chame meu nome e salve-me da escuridão
(Acorde-me) Faça meu sangue correr
(Eu não consigo acordar) Antes que eu me desfaça
(Salve-me) Salve-me do nada que eu me tornei

Traga-me para a vida
Eu tenho vivido uma mentira. Não há nada por dentro
Traga-me para a vida